sexta-feira, 31 de outubro de 2014

[Filme] Madagascar 3 - Os procurados



Madagascar 3: Os últimos suspiros de uma das melhores franquias de animação da nossa geração


Devo iniciar admitindo que por muitos meses relutei em assistir ao ultimo filme da trilogia dos animais fugitivos de Nova York por medo que devido a esgotamento criativo, uma grande decepção estivesse á caminho. Desconfiança com razão: Assim como "Shrek" e "A era do gelo", "Madagascar" foi uma das franquias mais exploradas comercialmente, ganhando inclusive uma série televisiva fixa e especiais natalinos. Na reta final porém, a turminha animal não perde a pose e consegue, sem grandes esforços, dar um final digno e não tão óbvio a saga que vem sendo acompanhada por crianças e adultos já há quase uma década.

O terceiro volume da série de filmes "Madagascar", que estrou há dois anos atrás, trouxe como subtitulo "Os procurados" e estreou nos cinemas em 3D. Como caracteristico da DreamWork, o trabalho gráfico é simétrico e invejavél, mas desta vez os criadores primaram mais em proporcionar uma experiência aventureira do que apresentar uma história lógicamente continua. As cenas são rápidas e as vezes intercaladas, o que funciona tanto para manter a criançada alerta quanto para confundi-las um pouco e disfarçar algumas brechas e soluções fracas do script.

Infelizmente, tanto para o roteiro e para o espectador, a ausência da senhorinha vilã dos filmes anteriores faz diferença, mesmo com a presença de uma vilã substituta com poderes de heroina. Para os sempre notavéis pinguins, a direção apostou em um humor inteligente com frases como "somos ricos, as leis da fisíca não se aplicam pra nós", além das divertidas engenhocas super avançadas desenvolvidas pelo grupo de aves fugitivas. Em meio a todo este circo, o meu personagem favorito continua o mais excêntrico e mais hilário, mas até mesmo ele, o sábio e idolatrado Rei Julian, concordaria que a franquia se aproxima do vencimento da data de validade.

AVALIAÇÃO: Bom

RECOMENDAÇÃO: A trilha sonora está fantástica! Além da inevitavél "I like move-move", temos clássicos inustiados inclusos como "Non. je ne regrette rien", imortalizada na voz de Edith Piaf, "Con Te Partiro" de Andrea Bocelli e até mesmo "Firework" da Katy Perry!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Sua participação é muito importante para nós.

Navegue

Tecnologia do Blogger.

Receba as novidades

Seguidores

Translate

Google+

Releia

FanPage

Julliany está lendo:

VEP no Twitter