terça-feira, 19 de maio de 2015

[Resenha] Roleta Russa



Boa noite gente! Hoje eu vou trazer a resenha de Roleta Russa, que atualmente é um dos meus livros favoritos!

~~~~~~~~~~~~~~

Título:
Roleta Russa
Autor: Jason Matthews
Editora: Arqueiro
Páginas: 432
Nota:
Sinopse: Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo. Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem. Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR. Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro. 

~~~~~~~~~~~~~~

Nos encontramos na Rússia atual, governada a mão de ferro por Vladimir Putin. Aqui conhecemos Dominika Egorova, uma jovem russa, linda, inteligente e sensual que após alguns eventos traumaticos em sua vida, é recrutada pelo SVR - Serviço de Espionagem Russo -, após um treinamento brutal, ela se torna a agente responsável por seduzir os alvos das missões Russas. Logo é designada a uma missão que colocará suas habilidades a prova: Descobrir o traidor russo, aquele que tem passado as informações secretas da Russia á CIA. 
Do outro lado de mundo, conhecemos Nathaniel Nash, mais conhecido como Nate, um agente americano ambicioso com sua carreira, cuja especialidade é a contra-espionagem na Russia, ou seja, ele é a ponte entre a CIA e os informantes Russos. Após uma missão quase fracassada, Nate é realocado na Finlândia, pois está sendo vigiado de perto pelo SVR. Agora Nate precisa salvar sua carreira e sua chance está em conseguir proteger Marble, o tal ativo Russo mais precioso da CIA. 
Desta maneira seus destinos se cruzam, cada um com sua missão, então juntos, vivemos momentos de tensão, técnicas de recrutamento, intrincados esquemas de vigilância e procedimentos de contrainteligência, e é claro, também temos momentos de paixão. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Uma coisa é certa: quando as coisas dão errado, é assim, de uma hora para outra." 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eu simplesmente amo romances policiais, mas esse é inédito, nunca tinha tido contato com algo tão original, sem contar o clima "Bond, meu nome é James Bond". 
A leitura é um tanto complicada, cercada de siglas tanto Russas quanto americanas, técnicas de recrutamento, informações sobre espionagem, mas que com o decorrer da leitura, você se abtua, é uma narrativa minuciosa, riquissima em detalhes. Mas claro, não poderia ser diferente, já que Jason é um ex-agente da CIA 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Likha beda nachalo. Os desastres sempre começam com uma problema." 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os personagens são muito cativantes,foram muito bem explorados, descritos e apresentados a nós. Nossa amiga Dominika, é uma jovem muito talentosa, decidida, determinada, inteligente, forte, perigosa, enquanto Nate, é apaixonante, sem mais. Um ponto positivo do livro, todos são humanos, possuem defeitos, desvios de cárater, As cenas são bem reais, ficamos bem presos no chão, na medida do possível. Outro ponto positivo, o romance é light, uma paixão avassaladora, misturada com o porte profissional. 
Pelo fato de o autor ser ex-agente americano, apesar de o livro mostrar os lados positivo e negativo de ambos os países, o lado bicho papão mostrado foi só da Russia, pelo que eu percebi, e todos sabemos que atrocidades ocorrem de ambos os lados. 
A capa é lindíssima e retrata uma cena decisiva do livro, e ao final de cada capítulo, temos uma receita, citada em algum momento no capítulo, isso me deu um ar de realidade a mais do que eu já sentia. 
O fim, me chocou de tal maneira, que meu queixo está no chão até agora. Precisa sair logo a continuação, que eu espero do fundo do meu coração, que exista. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------
A noite já caíra havia muito e ele ainda provocava os vigilantes russos, tentando atraí-los para fora da toca 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Então gente, é isso. Eu recomendo muito mesmo, para quem gosta de romance mais light e um bom livro policial diferenciado. 

Beijo!


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Sua participação é muito importante para nós.

Navegue

Tecnologia do Blogger.

Receba as novidades

Seguidores

Translate

Google+

Releia

FanPage

Julliany está lendo:

VEP no Twitter