domingo, 17 de agosto de 2014

[Filme] O Casamento de Rachel




O Casamento de Rachel: Um delicado jogo de pontos de vista

Imagine um grande roteiro de cinema porém com muitas páginas em branco. Tal ideia aterrorizaria qualquer profissional do ramo pelo desnorteamento que acompanha essa hipótese. Não sei se esse foi o caso de ``O casamento de Rachel´´, lançado em 2008, mas se foi, a grandiosa orquestra envolvida no projeto conseguiu soar harmoniosa sob a batuta competente do diretor Jonathan Demme.



Partindo de um principio que foca na recuperação de uma recém-saída da rehab, o grande trunfo do filme é justamente não se prender apenas á isso.Com diversas imagens melancólicas captadas em meio a uma festa de casamento que parece nunca acabar, o ritmo da celebração segue envolvente dentro de amargurados closes cinzentos, momentos esses onde você questiona o que estaria escrito no roteiro, se é que ele existe para essas cenas, de tão naturais que elas soam. O elenco também soa uníssono e triunfa na difícil missão de não deixar tudo nas costas da protagonista, como é comum em filmes deste estilo.

Anne Hathaway alias, foi cruelmente injustiçada no Oscar. Além de emagrecer muito e começar a fumar para o papel, a sempre sensível atriz foge dos esteriótipos ao encarnar sobre a sua personagem o peso de uma intrigante culpa. Com ou sem Oscar, esta película prova é possível sim ser intimista em meio ao caos sem muito falatório, grandes efeitos, muito menos um grande roteiro: Uma bem direcionada história sobre dramas familiares mais um elenco compromissado sempre bastam.

AVALIAÇÃO: Muito bom.

RECOMENDAÇÃO: Preste atenção na trilha-sonora: Além de bastante eclética, variando do funk ao hip-hop, ela é tocada ao vivo na íntegra, o que contribui bastante para a proposta orgânica do filme. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Sua participação é muito importante para nós.

Navegue

Tecnologia do Blogger.

Receba as novidades

Seguidores

Translate

Google+

Releia

FanPage

Julliany está lendo:

VEP no Twitter